>

Morre Pr. João Batista em acidente de carro ao levar a esposa para quimioterapia

Ricardo Leal      sexta-feira, 16 de junho de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

O pastor João Batista Antônio, de 58 anos, era um dos pastores apoiadores do Club da Música ele bateu o carro que dirigia em um caminhão na BR 101, em Ibiraçu, na manhã de quarta-feira (14), faleceu na madrugada desta sexta-feira (16). A informação foi compartilhada nas redes sociais por familiares da pastora Wandercina Aquino Tartalho Batista, 53 anos. A pastora, que enfrenta uma luta contra um câncer de mama, também foi vítima do acidente. Ela segue internada no Hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra.

O casal de pastores é de Macaé, no Rio de Janeiro, e seguia para Colatina, na região Noroeste do Estado, para Wandercina dar continuidade ao tratamento contra o câncer. Segundo o filho da pastora, Railandson Aquino Batista, 22, ela precisa fazer oito sessões de quimioterapia e ia para Colatina realizar a quarta. "Não sei o que pode ter acontecido, não é a primeira vez que eles fazem esse trajeto. Acho que meu pai pode ter cochilado ao volante”, acredita.

O casal de pastores de Macaé, no Rio de Janeiro, seguia para Colatina, região Noroeste do Estado, para Wandercina dar continuidade a tratamento contra o câncer de mama - Foto: Reprodução / Facebook

Ainda não há informações sobre o velório do pastor João Batista Antônio. A família pede uma corrente de orações para confortar a pastora Wandercina.

 

O acidente

Ao todo, quatro pessoas ficaram feridas na colisão que envolveu dois caminhões e um carro, no quilômetro 218 da BR 101, na manhã da última quarta-feira (14). Segundo a polícia, a batida ocorreu depois que o carro invadiu a contramão da pista e bateu em um dos caminhões. Os policiais acreditam que o motorista dormiu ou que houve um problema mecânico.

O pastor João Batista Antônio, de 58 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira (16) - Foto: Reprodução / Facebook
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF-ES), o Ford Fiesta seguia no sentido Vitória x Ibiraçu quando invadiu a contramão. O carro bateu na dianteira esquerda de um caminhão baú que seguia para Vitória. Com a batida, o eixo do caminhão quebrou, e o veículo acabou tombando na margem da pista.

A colisão surpreendeu outro caminhão, que vinha atrás do caminhão baú. O motorista, Paulo Roberto Ferreira Gomes, de 58 anos, contou que a tragédia podia ser maior.

“Eu vi o carro rodar e parar no meio da pista, e o caminhão baú tombado. Consegui tirar o caminhão para a direita e bati no caminhão tombado. Se eu tivesse batido no carro seria pior. Não sei se foi reflexo, susto, medo. Só sei que seria menos grave para mim, e pior para o motorista do carro”, comentou.

Ele estava sozinho no caminhão, e voltava para Valinhos (SP), onde mora, após passar 15 dias trabalhando em Aracruz. Já o motorista do caminhão baú, Leonardo Fraga, de 33 anos, estava junto com um ajudante e o proprietário do veículo. Os três vinham de Linhares, e levavam plantas para uma floricultura de Vitória quando ocorreu a batida.

Leonardo saiu ileso, mas o ajudante e o proprietário do caminhão tiveram escoriações leves. Já os dois pastores que estava no Ford Fiesta ficaram com ferimentos graves. Todos foram socorridos em ambulâncias da Eco101.

 

fonte:portalguandu

Comentários

Pensamento do dia


Entrevista


Clipe em destak


Parceiros


Ferramenta ideal para seu sucesso online

Baixe sua cópia gratuita!


Curta nosso Facebook

     Categorias